Feijoes e babados

Hoje percebi como a comunicacao mudou. E nao falo isso so pelo dialeto do meu irmao (a ultima dele: meu pai perguntou onde ele estava indo e ele respondeu: “Sao Fisica”. A Igreja ainda nao sabe, mas quem faz atividades fisicas regularmente agora tem um novo protetor). Acabei de entrar no msn e recebo de uma amiga: “casei!” Assim, curto, grosso e hi-tech. Enquanto algumas noivas passam dois anos segurando o anel na mao direita, preparando o cerimonial-vestido-festa-fotografo-lua-de-mel e enxoval, ela foi la e casou. E me mandou um msn. E uma foto tambem.


Agora os pombinhos estao de mudanca para portugal e terei mais um lugar para visitar. E mais dois alvos para as piadinhas de portugues.

Voltando aos assuntos superfulos, como casamento lembra arroz, e arroz lembra feijao, preciso contar da minha primeira vez como cozinheira destes milagrosos graozinhos. Fui num mercado aqui que eh como o Mercado Central, tem de tudo e mais um pouco, e acabei achando uma barraca que vendia feijao. Comprei um saco pequeno e pensei: isso vai dar pra uma semana, maravilha. Cheguei em casa feliz da vida e despejei todo o conteudo em uma panela com agua (aqui nao tem panela de pressao). 5 minutos depois, o conteudo duplicou de tamanho. Tive que pegar outra panela e dividir. So que em mais 5 minutos os feijoes triplicaram! Ai comecei a rezar para o fim da multiplicacao dos feijoes, porque aqui so tenho tres panelas. Agora vou fazer uma promessa pra Sao Fisica pra ver se me manda lombinho, couve e calabresa pra fazer uma feijoada para o predio inteiro!

Enquanto isso na lavanderia…

Tem coisas que so acontecem comigo mesmo!! Como dizem as meninas, se nao fossem as compensacoes (como as varias coisas gratis que consigo) elas nao iam andar comigo mais. Saio eu de manha toda feliz com minha sacola de plastico cheia de roupas para a lavanderia. Abri a portinha da maquina e joquei tudo la dentro, contente com mais esta praticidade. Ai coloquei o cartao com os creditos (a gente compra creditos na recepcao do predio, e ai pode usar a lavadora e secadora) e descobri que so tinha 1£. O sistema comeu meu 1£ e veio a mensagem para pagar mais 0,50. Como a recepcao fecha no fim de semana, subi aqui no meu flat pra pegar um cartao emprestado com uma das meninas. Quando eu desco la de volta vejo um japones puto, porque o sistema tava todo parado, todas as maquinas ligadas e travadas gracas a alguem que ficou devendo 0,50 £. Ai resolvi ir para a academia. Sabado nao eh dia pra estressar.

Na volta voltei la enfim para lavar minhas roupinhas. Paguei o que devia e subi mais contente ainda por nao ter sido descoberta como a fraudadora da laundry. Foi ai que aconteceu o terrivel. Um castigo assombroso pelo meu crime. Quando abri a portinha da maquina todas as roupas estavam com pedacos de objetos-brancos-nao-identificados-colados!!! Fiquei apavorada, chamei uma menina que estava la para me ajudar. Ela falou: “vc deve ter esquecido algum papel no bolso de uma calca”. Mas gente, nem se eu tivesse esquecido um livro inteiro estaria daquela maneira. Comecei a tirar peca por peca da maquina ate que achei o culpado. Um rolo de papel higienico inteiro foi lavado junto com minhas roupas!!! E gente, eu juro, eu nao estava lavando para reutilizar depois! Ele entrou la por engano, eu nao sei como! Comecamos um trabalho a 6 maos (Mari’S, muito obrigada a vcs duas 😉 para limpar todo o meu arsenal de roupas de ginastica + meias + pijamas + lencois de cama.


Este era meu pijaminha:

Ja estava decidida a processar o culpado por este ato de vandalismo. Afinal, temos cameras por todo o lado aqui. O criminoso apareceria. Na segunda-feira iria na recepcao assistir aos videos da laundrymatry. Isso nao poderia ficar barato, mesmo porque minha ida a academia estava comprometida. Todas as roupas rosas ficaram salpicadas de branco e com cara de velhas e as pretas estampadas de zebra.

Eis que hoje pela manha descobri que esta faltando um rolo de papel no meu pacote.
Um rolo fujao cujo o sonho era nadar em Omo para ficar ainda mais branco.
Ele me paga.

Pao-di-queijim

Estava bem conversando com meu irmao cacula no msn quando de repente ele me solta esta:

ele: tinha um gamba aqui hoje
eu: serio? e as cachorras ficaram gritando ate?
ele: claro. a julia tava ate guspinu

Passei 12 segundos lendo esta frase e tentando entender o que minha cachorra (a julia) estava fazendo. Ai pude imaginar a cena dela “guspinu”. Meu irmao criou um novo dialeto, onde ele eh capaz de mixar girias proprias da idade com o tipico mineires nosso-de-cada-dia. Sao dele palavras como Cagonosso (carro igual ao nosso) e Couxik (ficou chique). Ele consegue falar em uma palavra o que muitas vezes levaria uma sentenca inteira, ganhando tempo em sua comunicacao. Entao se ele quer saber que dia a gente volta de um determinado passeio ou cidade, ele tasca a expressao idiomatica: Diquegenvolta? e todo mundo entende, responde e fica feliz.

Aqui direto eu me pego falando como meu irmao. E descobri que o pobre levava a culpa sozinho, sendo que ele deve ter aprendido com a gente. Entao hoje eu estava no shopping com a Mari e umas colegas, quando ela me perguntou: de onde voce tirou isto (referindo a um produto que ela tentava achar o lugar pra colocar de volta). E eu respondi: alidocantim. E pra explicar pras pessoas o que era alidocantim? Alidocantim siginifica alidaberadinha uai. Ali-oh. Nao consigo achar mais um significado adequado. Outro dia falei sem querer com minha flatmate, no meio de uma frase em ingles: oiprocever. E o mais engracado eh a cara que as pessoas fazem quando voce solta uma desta. Elas nao percebem que eh uma expressao do interior, so pensam ser algo bem dificil de se pronunciar, uma palavra estrangeira, quase chique. O pior de todos foi uma vez que um cara falou pra Livia: “Ce quer gym?” E ela entendeu “quejim”. Ficou tentando compreender porque o paulista perguntou se ela queria comer um queijo as 2 da manha dentro da boate.

E por estas e outras estou pensando em dar aulas de portugues aqui para ingleses que queiram tirar ferias no Brasil. Eles poderao usar bem as expressoes do nosso dicionario. Ao chegarem no pais, podem ir a uma lojinha e comprar uma havaianas. A expressao correta ao experimentar o chinelo nao eh “ohhh! That’s amazing!” e sim “Ohh! Couxik!”. Se forem em uma locadora de veiculos podem pedir por um “Cagonosso, please”. E para saber o dia do retorno da viagem eh so soltar um “Diquegenvolta” e todo mundo vai entender. O unico problema eh que eles so poderao ir para Minas. E tem luga’mio’?

O ralo, o rodo e a insignificancia que eles tem no velho mundo

Nao existe a palavra “rodo” no meu dicionario de ingles. E olha que eh um Michaelis novinho, que comprei na Leitura antes de vir. E ai comecei a entender os motivos de terem usurpado este vocabulo tao util do dia-a-dia das donas-de-casa no Brasil.

Voce nao precisa de um rodo aqui primeiro porque se voce jogar agua no chao voce esta literalmente ferrado. Nao existe ralo no chao do banheiro, nem da cozinha, nem de lugar nenhum. Ralo eh uma outra palavra, que vem junto com pia ou box do chuveiro. Segundo, voce nao precisa de um rodo aqui porque de onde voce quer puxar agua se todo lugar que voce vai aqui eh encarpetado? Existe uma estranha predilecao inglesa por pisos cobertos com este tecido feito de acaros. E quanto mais comodos da casa encarpetados, melhor. “Vende-se casa, lindos carpetes em 7 comodos (possibilidade de revestimento da casinha do cachorro). Oportunidade unica”. As salas de aulas aqui tem carpete, os bares sao todos forrados, e ontem vi meu primeiro banheiro de piso fofinho. Veja que maravilha, voce pode repousar os pes no chao quentinho, enquanto faz qualquer outra coisa. E se voce chegar aqui e pedir tabua-corrida vao achar que voce esta louco e quer morar com as arvores que andam no Senhos dos aneis.

Ja que falta ralo e rodo, eles substituiram esta demanda no mercado pelo aspirador de po. Eu tenho que confessar que eu ja estava ate tomando gosto pela coisa. Sujou, liga na tomada e ta limpinho. Pro meu banheiro, que nao tem carpete (que pobreza!) eh so pegar um paninho que ja vem molhado com algum produto de limpeza misterioso (vendem sacos disso aqui) e passar aonde voce quiser. Foi ai que hoje um estranho espirito de domestica baixou em mim e comecei a jogar agua pra todo lado. Esfreguei tudo, molhei ate o teto e levei umas duas horas pra secar o chao depois. Mas pelo menos nao fui derrotada pelos lencinhos umidecidos.

London

Entrar num onibus ou metro em Londres significa ouvir varias linguas e sotaques ao mesmo tempo, inclusive portugues. Existem 70 mil brasileiros em London e por onde quer que voce va, la estao eles disfarcados para ouvir a sua conversa. Por isso entrei num cafe e um japones perguntou Where are you from? e quando eu disse Brasil, ele respondeu “Sabia”. Em Londres ate os japoneses sao brasileiros. Os africanos no onibus falam portugues de Mocambique. E ate os portugueses e portuguesas de Portugal estao por la batendo-o-pe-assim-como-mamae-me-ensinou.


Encontrei um mercadinho nacional e nao pude deixar de comprar uns sonhos de valsa para minhas amigas, afinal esta palavra eh bem conhecida aqui no meu flat. Mas comprei so 3 bombonzinhos individuais, porque acreditem, o saco custava 20£, mais de R$80,00 gente! Please, me enviem sacos de sonho de valsa para contrabandear aqui. Em troca enviarei chas e canetas made in China. E entre tantas opcoes multi-culturais de comida, escolhemos almocar uma feijoada, que ja nao tinha mais nenhum pedaco de carne porque ja passava das 4 da tarde. Mesmo assim, depois de tanta saudade do nosso tempeiro, me pareceu melhor do que a feijoada da minha mae e a do pai da Marina.


Tambem fui ver a troca de guardas da Rainha. Parece uma fanfarra de aniversario da cidade, porem muito mais organizada. Por exemplo, a rua estava lotada de gente esperando dar 11 da manha, quando inicia o evento. Entao um policial passou solicitando educadamente que todos fossem para a calcada, e em menos de 5 minutos a rua estava livre para a passagem da guarda. Isso no Brasil levaria uns 45 minutos, e demandaria 178 policiais, um a cada 3 metros de calcada. Bom, a marcha da Rainha nao tem graca nenhuma pra falar verdade. Voce fica esperando um tempao e ai eles vem corredo, entram no palacio e ai eu nao sei bem o que acontece la dentro porque nao consegui ver. Deve ter um fight e os sobreviventes tomam o lugar dos perdedores e aguardam ate o proximo sabado, quando mais recrutas entrarao para a troca, as 11am.


Como estavamos meio perdidas, fui perguntar a um casal onde eles tinham conseguido o mapa que eles estavam consultando. E foi ai que eu tive a certeza de que eu tenho mesmo cara de pedinte, porque o casal me deu o mapa de presente. No mesmo dia um vendedor italiano de uma barraquinha na feira me perguntou se eu era brasileira. Fui comprar um chocolate quente e ele nao me deixou pagar. Gracas a minha cara de morta-de-fome as minhas viagens saem sempre uma pechincha.


Cheguei na Camden Town e acabei de crer que se eu passar muito tempo aqui vou acabar virando inglesa. Ja me acostumei com as roupas, com o estilo e quem sabe jaja voces nao me veem com um penteado a la capacete de moto. Estranho como tudo vai ficando normal, fashion e quase chique. Fui tambem na Tate Gallery e fiz varias fotos de tudo o que era proibido fotografar. Assim como era proibido comer mais de um croassant no cafe da manha do albergue (meu saldo foi de 3 por cafe). Mas a maior descoberta do dia foi que a London Eyes tem este nome porque ela foi feita so para olhar mesmo. Se voce quiser dar uma voltinha (que significa 1 volta mesmo, 360 graus) voce paga 15£, que sao uns R$65,00.


Uma pena ter chegado a hora de voltar para a minha cidade inglesa onde ninguem entende minhas piadas de Manuel eu nunca serei abordada por um japones-brasileiro de pai curitibano e mae espanhola vivendo na Inglaterra!

Para ver todas as fotos, clique aqui 😉
Beijos!

Valentine`s Day

Hoje eh Valentine`s Day aqui! Pra nao passar em branco, pelo menos eu peguei um resfriado. To derrubada, com olheiras profundas, descabelada e com o nariz entupido. E gente, quem tem o nariz entupido aqui eh quase apedrejado em praca publica. Isso porque pros ingleses, ficar fungando eh mais feio do que bater em mae na sexta-feira-santa por causa de carne. Entao como nao podem puxar pra dentro, eles ficam assoando o nariz o tempo todo em lencinhos que eles guardam no punho da blusa depois, para re-utlizar mais tarde. Eh permitido assoar na sala de aula, na rua, no bar, na mesa do restaurante. E quanto mais barulho voce fizer, melhor.

Eles ficam sempre gripados porque como ja esta uns 4 graus, a galera esta crente que eh verao entao usam pouca roupa. Hoje vi varias mulheres de mini-saia e homens de camisa de malha sem agasalho. E sempre usam um acessorio branco, pra combinar com as partes expostas. Outro dia vi uma mulher com uma bolsa cor de gelo, tom-sobre-tom com sua canela.

Ai para comemorar a data, fiz uma sopinha de legumes (que obvio ja vem pronta numa lata, eh so abrir, por num prato e esquentar no microondas), coloquei um pijama quentinho e tomei um tilenol. Como estou no meu quarto e ninguem esta vendo, vou dar uma fungadinha escondido antes de dormir.

Feliz dia dos namorados para voces!

Beijos!

Porque nao usar?

Acabei de descobrir que sou a pessoa mais baranga do mundo. Vejam o email que recebi hoje (so mais uma observacao, porque sera que todo texto que a gente recebe por email vem falando que eh do Arnaldo Jabor?)

É triste mulher:
(Arnaldo Jabor)
1) Usar esmalte com uma florzinha ou estrelinha em uma das unhas combinado com a outra mão (no pé já é caso de internação).
(Eu so nao uso como tenho um saco de strass que minha tia me deu…)

2) Lente de contato colorida. Essa é uma das tenebrosas campeãs. Além de dar uma enorme vontade de lacrimejar de aflição (para quem está de frente com o ser), parece que estamos diante de uma personagem do próximo filme do X-Men.
(Eu ja tive uma verde e confesso que o prazo de validade era de 3 meses e eu usei por 12, e ainda dividia com minha irma. Volta e meia ela perguntava: Ce vai sair com sua lente hoje? Entao eu vou por ta?)

3) Meia-calça cor da pele, tipo Kendall para o inverno, a não ser que tenha mais de setenta anos. (Gente, eu tenho uma e ela eh otima pra por por baixo da calca aqui! Pena que quando eu sento aparece atras aquela coisa bege. Quer produto melhor do que este que foi feito para quem fica muito tempo em pe ou sentado? Meu irmao mais novo deveria usar uma para ficar no computador!)

4) Calça justa demais, que aperte as partes íntimas (fica parecendo uma pata de camelo).
(Po, se ele falasse que ficamos parecendo uma vaca mascando pano eu ate entenderia, mas pata de camelo eh sacanagem)

5) Descolorir os (muitos) pelos da barriga, o famoso “caminho da felicidade”. Melhor depilar, caso contrário, é melhor procurar um namorado que tenha colocado blondor no bigodinho. Farão um lindo par. (Agora ele pegou pesado comigo :_(

Gente, eu nunca seria pega pelo Arnaldo Jabor!

Loughborough

Eu tive um fim de semana verdadeiramente ingles. Fui para Loughborough (le-se Lufbra) para visitar a Marta, uma amiga fofissima que ate entao eu so conhecia pela internet. A Martinha mora numa casa inglesa, com uma familia inglesa, um carro ingles e tres gatos. Voces sabiam que os animais aqui na Inglaterra sao criados como membros da familia e eles tem priviliegios sobre tudo e todos? Tem ate uma piadinha famosa aqui sobre isso (podem pular para o proximo paragrafo caso nao tenham interesse na piadinha).

Um cara chega numa casa de uma familia inglesa, ve tres gatinhos e fala:
– Mas que bichanos fofos! E voces nao tem filhos?
E o dono da casa:
– nos tivemos, mas tivemos que doar pois os gatos eram alergicos…


Bom, nos nao conhecemos a familia, pois estavam viajando com as criancas, mas conhecemos estes felinos que nos receberam muito bem.

Ah! Pausa para uma licao importantissima. Antes que voces paguem o mico que eu paguei, vou ensinar como abrir a porta de um trem na Inglaterra. Primeiro abra a janelinha que tem na porta, enfie seu braco pra fora e destrave a macaneta. Manualmente, cada um por si e salve-se quem puder. Se voce nao sabe desta dica, voce literalmente se ferra. E foi isso que aconteceu comigo.

Chegamos na estacao e parece que ninguem mais ia descer nesta cidade. Entao saimos correndo para pegar a mala no final do vagao e fomos contentes para a saida, esperando alguma forca misteriosa abrir a porta pra gente descer. So que nada aconteceu. Ai comecamos a ficar desesperadas e eu virei num impulso e falei para uma inglesa que estava sentada proxima: “Com licenca, voce poderia me dizer como faco para abrir esta porta por favor???!!!!”. Esse eh o problema gente. So com esta frase eu ja perdi 5 minutos. No Brasil eu teria gritado: “Como abre essa porta pelamordedeus??!!!” E a galera do onibus teria comecado a gritar: “O motorista, perai que a dona nao saiu ainda!!!!” Mas aqui nao. A moca ate tentou ajudar, mas nao deu tempo e o trem partiu. Voltamos resignadas para o nosso banquinho, descemos na proxima cidade e pegamos outro trem para voltar, ja sofrendo porque iamos ter que pagar outra passagem. Mas ai o nosso espirito brasileiro bateu mais forte, e resolvemos que iriamos ficar ja perto da porta (vai que nao conseguiamos abrir de novo?) para nao pagar mais uma passagem. Afinal, nao foi culpa nossa! A porta simplesmente eh de terceiro mundo! So que entao veio a cobradora e pediu nosso ticket. Explicamos que tinhamos perdido o ponto, por isso estavamos voltando sem tckt e com a cara mais lavada do mundo. Eu nao sei porque, mas ela se emocionou com a nossa causa e nos deixou ficar.

Mico 2. No mesmo vagao, estamos bem convesando em alto e bom portugues sobre tudo e todos, quando um ingles de terno risca-de-giz, cabelo loiro espetadinho vira e fala com sotaque paulista: “Voces sao de onde?” Gente, quase cai da cadeira e a unica coisa que eu consegui responder foi “meu deus, ainda bem que nao estavamos falando mal de voce!”

Voltando a cidade. Fomos numa festa da Universidade e nos divertimos vendo os ingleses fantasiados (veja este que pintou a cara de marrom claro e ficava fazendo beicinho, com aquela boca fininha e os olhos azuis. Quase acreditei que era mesmo o Ronaldinho Gaucho) e as inglesas bebadas. Pessoal, se forem numa festa destas, levem uma bota sete-leguas. A galera bebe, joga o copo no chao, entao por onde voce passa esta cheio de cacos de vidro. Mas uma coisa legal eh que ninguem fuma, entao voce chega em casa ainda com o perfume que voce passou antes de sair.


No sabado fomos passear pela cidade que eh bem bonitinha e tem ate uma feira de frutas (ja perceberam como fruta pra mim virou artigo de luxo ne). O mais legal eh que no final da tarde tudo entra em liquidacao, entao voce pode comprar uma sacola cheia de uvas, macas ou bananas por 1£.


A noite fomos numa boate e pudemos rir mais um pouco. Gente, os ingleses sao muito malucos, e se voce quiser chamar atencao de qualquer um deles eh so tirar a camera fotografica pra fora. Nos nao conseguiamos fazer uma foto sem que uns bicos entrassem no meio. A Lu do Guia nao ia ter trabalho nenhum aqui, eh so ficar parada que as pessoas ja chegam na sua frente e posam pras fotos.


Agora para voces entenderem melhor a piadinha la de cima, reparem no canto esquerdo desta foto que fiz enquanto saiamos do shopping. Esta criancinha de coleira sendo puxada pelo pai esta sem fucinheira! Um absurdo para a seguranca dos pedestres que podem ser mordidos a qualquer momento por estes dentes-de-leite ferozes!


Beijos!

E que venha a neve!

Acordei com uma mensagem de texto no cel, da Mari minha flatmate (a cama dela fica exatamente a uma parede da minha), me mandando olhar pela janela. Ai olhei e na mesma hora ja mandei uma pra outra Mari, que mora no predio da frente, mandando ela tb olhar pela janela. E foi assim que todas as brasileiras principiantes e felizes olharam pela janela e viram neve de verdade… Enquanto a populacao local deve ter ficado irritada com mais um dia frio, eu tomei banho, cafe e sai toda feliz. Ai as pedrinhas comecaram a entrar no meu olho e eu adorando. Parecia o Natal do BHShopping so que muito mais frio. Parei pra fazer umas fotos, mas entao resolvi que iria agir naturalmente, como qualquer pessoa civilizada do primeiro mundo, afinal, neve nada mais eh do que agua congelada, e eu tenho isso na geladeira todo dia.


Como a Mariana comentou, a galera aqui anda de sombrinha na neve e na chuva eles nao usam nada. Mas como somos brasileiras, vamos de sombinha onde tem agua e de capuz onde so tem gelo. (atencao, ela me pagou 5£ para colocar este comentario dela aqui, entao achei justo citar o nome. E caso se interessem em publicar seu ponto de vista neste espaco, entrem em contato comigo. Publico anuncio de carro, ofertas de emprego e correio-elegante).

Voltando ao inverno europeo (to muito metida hoje gente), no intervalo da aula tive que realizar um sonho antigo que tinha desde quando assisti Debb&Loid e arremessei uma bolota de neve no peito de um colega. Ele nao entendeu nada e ficou um pouco irritado, porque queria me fazer comer um pedaco de gelo em seguida. Agora pra realizar os outros snow-dreams quero escorregar num papelao (igual aqueles moleques na Praca do Papa), fazer um boneco com nariz de cenoura e por ultimo colar a lingua em agum poste gelado.


Beijos!

O primeiro post triste a gente nunca esquece

Hoje vou ter que escrever meu primeiro post triste. Simplesmente um dia isso teria que acontecer. Calma, nao precisam pegar a caixinha de lencos nem de mudar de site. Nao vai ser tao duro assim. O fato eh que estou meio entediada. Acabaram-se as atracoes da cidade. Acostumei-me com a arquitetura gotica, com o transito invertido e com as pessoas loiras. E ta frio pra caramba, acabou o kitkat (por falar nisso, ontem descobri o kitkat de menta! Gente, me expliquem onde acho coisa ainda melhor?) tenho varios “para-casa” para fazer, comeco a sentir saudades de pessoas e comidas e se meu dinheiro falasse ele diria “tchau”.

(Pessoal, na verdade so resolvi abrir meu coracao no paragrafo acima para ver se vcs se emocionavam e mandavam flores, emails, bombons e lembrancas. Mas acho que ninguem chorou lendo isso… Entao voltemos a vida real.)

Ontem na gym vi um dos primeiros ingleses realmente bonitos aqui. Gente, ele era uma mistura de Brad Pitty com Judy Law e tinha nariz, olho boca, sabem?? So que como nem tudo eh perfeito, ele usava meia preta com tenis branco! Catastrofe!! Achei melhor ficar olhando o show do Helio della Penha, porque ele esta com uma nova modalidade de duplos carpados de fazer inveja em qualquer Daiane dos Santos. E gente, em materia de fitness nos estamos a milhares de anos luz a frente dos ingleses. A comecar pelos tenis que a galera usa aqui. Ontem vi uma Konga na academia!!! Nao era aquela mulher que vira macaco no parque, era aquele tenis azul marinho do seculo passado que a gente usava para ir na escola! Ou seja, as pessoas malham de conga, sapatilha, so faltou ver um ki-chute amarrado na canela. E os proprios exercicios sao ultrapassados, a aula que fiz ontem me lembrou a educacao fisica do primario. Era um circuito, e de repente o professor me mandou fazer uma coisa, que obviamente nao entendi, e ele me explicou com gestos fazendo um pre-historico poli-chinelo!!! Gente, achei que nunca fosse ter que escrever esta arcaica palavra de novo na minha vida! Poli-chinelos! Pra descontar, hoje nao fui na gym. Vai que ele me mandava jogar queimada ou rouba-bandeira?!

Fotinhos do dia:
Hoje de manha a grama aqui em frente estava cheia de gelo!

Alguns coleguinhas:

Minhas colegas from Espanha e Colombia me ensinam espanhol nas horas vagas 😉

Beijos!